Dom Ettore Dotti participa da 54ª Assembléia Geral dos Bispos do Brasil

Começou na manhã desta quarta-feira (6) a 54ª Assembleia Geral (AG) da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O evento, que é o maior encontro do episcopado brasileiro, contará com, aproximadamente, 320 Bispos ativos e eméritos, dos 18 regionais da CNBB. O nosso Bispo Diocesano de Navirai, Dom Ettore Dotti , está participando das atividades juntamente com os demais Bispos de nosso Regional. A programação segue até o dia 15 de abril, no Centro de Eventos Padre Vítor Coelho de Almeida, em Aparecida (SP). Este ano, o tema central será “Cristãos Leigos e Leigas na Igreja e na Sociedade – Sal da Terra e Luz no Mundo”.

Entre os temas prioritários previstos para esta edição estão a “Liturgia na Vida da Igreja”, a 14ª Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, a conjuntura político-social, a mensagem “Pensando o Brasil: crises e superações” e as mudanças do quadro religioso no país. O Secretário Geral da CNBB, Dom Leonardo Steiner, falou sobre o encontro. “A Assembleia é momento muito precioso para nossa Conferência Episcopal e para as igrejas particulares. Trata-se de um espaço de oração, partilha, estudos e convivência fraterna. Durante esses dias, fortalecemos a comunhão entre nós bispos”.

A programação desta quarta-feira começou com a Celebração Eucarística no Santuário Nacional de Aparecida, que foi presidida pelo Arcebispo de Brasília e Presidente da CNBB, Dom Sergio da Rocha, e concelebrada pelo Arcebispo de Salvador (BA) e Vice-Presidente, Dom Murilo Krieger, e pelo Bispo Auxiliar de Brasília e Secretário Geral, Dom Leonardo Steiner. Da procissão de entrada participaram os Presidentes das 12 Comissões Episcopais de Pastoral CNBB.

Misericórdia, justiça, unidade e paz foram as palavras de destaque na homilia de Dom Sergio, que abordou o sentido da Eucaristia na vida eclesial. “A Igreja Eucarística vive da misericórdia, que é fonte de paz. A Igreja misericordiosa vive da Eucaristia, o alimento dos que promovem a paz. A Eucaristia manifesta e alimenta a nossa comunhão com o Senhor e a comunhão entre nós”, afirmou Dom Sergio.

A cerimônia de abertura foi às 9h15, no auditório do Centro de Eventos Padre Vítor Coelho. Os trabalhos da Assembleia serão desenvolvidos em quatro sessões. O retiro dos Bispos começará no dia nove, às 15h30, e terminará no domingo, às 12h, com uma Missa no Santuário de Aparecida. O pregador será o Presidente do Pontifício Conselho para a Cultura, Cardeal Gianfranco Ravasi. No dia 12 de abril, às 18h, haverá Sessão Solene Ecumênica. A cerimônia de encerramento será no Centro de Eventos, no dia 15 de abril, às 10h30.

A reflexão do tema “Cristãos Leigos e Leigas na Igreja e na Sociedade – Sal da Terra e Luz no Mundo” foi iniciada em 2014, durante a 52ª AG. Dom Leonardo Steiner, ressalta que nesta Assembleia o texto de trabalho será aprofundado, podendo ser aprovado como documento. O Prelado considera o momento importante para refletir sobre a presença dos leigos na Igreja e na sociedade. “Os nossos leigos, queridos irmãos batizados, têm papel muito importante na Igreja por conta da vocação que receberam pelo batismo e pela crisma. São convidados a serem testemunhas de Jesus crucificado e ressuscitado”, disse.

Ainda de acordo com dom Leonardo, os leigos têm a missão de dinamizar as comunidades, sob as orientações dos Sacerdotes. “Eles estão presentes nos grupos, pastorais e movimentos da Igreja. Neste Ano da Misericórdia somos convocados a pensar a missão do leigo na sociedade, pois são eles que levam o consolo, a misericórdia, o cuidado para com os pobres, os necessitados”, pontuou.

Este ano, será preparado um novo volume da série Pensando o Brasil, que apresenta a visão do episcopado brasileiro acerca de temas da realidade do País. Em 2014, na 52ª AG, foi elaborado o primeiro volume número, que tratou dos “Desafios diante das eleições 2014”. O material era composto por indicações para o pleito eleitoral que estava em curso. No ano passado, o texto abordou as desigualdades. Em 2016, os Bispos devem dar pistas para as eleições municipais. Serão tratadas as crises e superações, com base no momento atual do País.

54ª Assembleia Geral da CNBB
Galeria de Fotos

Compartilhar